sábado, 15 de agosto de 2015

There's No Such Thing As Home



Consegui tirar uns dias de férias. Poucos, mas já soube bem. No início da semana passada apanhei um avião para Faro e fui ter com a minha irmã ao Algarve, à praia da nossa infância. Quatro dias depois estava de volta. Há meses que não ia a Portugal por isso aproveitei a oportunidade que tive. Eu, que dizia que não ia sentir falta do meu país, tenho o meu coração a transbordar de saudades e esses poucos dias lá passados nunca são suficientes. Adoro viver em Londres e não penso em regressar a Portugal mas é um país que me faz falta.


I finally managed to spend some days in Portugal. I went to meet my sister, who was in Tavira, Algarve. Four days I spent there and then I was back. Four short days. I never thought that I would miss Portugal this much. There are so many thing I don't like about my country but there's no such thing as home. I don't want to live there again, at least in the next few years, but I wish I could spend more time there.

6 comentários:

  1. Se surgir uma oportunidade brilhante não diria que não mas sei teria saudades de Portugal (:

    ResponderEliminar
  2. Compreendo-te tão bem. Este ano estive lá duas semanas e foi pouquíssimo, no ano passado foi um mês e achei o mesmo. Nunca é tempo suficiente para matar saudades. Ao contrário de ti, eu pretendo voltar. Não sei quando, mas pretendo :)

    ResponderEliminar
  3. Só eu nem consigo pensar em emigrar que me mata o coração :(

    ResponderEliminar
  4. Como eu te compreendo, se bem que no fundo não é bem falta do país que eu tenho. Meia dúzia de dias aqui bastam-me para voltar a querer sair. No meu caso acho que é mais a falta de uma sociedade à qual estou mais do que habituada e "vacinada" e a qual sei contornar. De qualquer modo, uma vez fora do país de vez, só a família e amigos me faria voltar temporariamente.

    ResponderEliminar